Google+
  somat@somat.com.br    
  [21] 3094-8250  
 

Glossário

0

Balança Comercial

Em contabilidade nacional, a balança comercial resulta da agregação da balança de bens e da balança de serviços, as duas componentes da balança corrente. A balança comercial registra, portanto, as importações e as exportações de bens e serviços entre os países. Quando as exportações são maiores que as importações regista-se um superavit na balança, e quando as importações são maiores que as exportações regista-se um deficit. Normalmente, uma balança comercial deficitária implica uma balança corrente também deficitária, pois balança comercial é comummente a componente com maior peso na balança corrente. Contudo, o défice comercial pode ser compensado com os superavits das restantes balanças correntes. Tal foi o caso de Portugal durante grande parte da segunda metade do século XX com as remessas dos emigrantes, que...
0

Balanço patrimonial

O balanço patrimonial é uma demonstração contábil que tem por finalidade apresentar a posição contábil, financeira e econômica de uma entidade (em geral uma empresa) em determinada data, representando uma posição estática (posição ou situação do patrimônio em determinada data). O balanço patrimonial apresenta os Ativos (bens e direitos) e Passivos (exigibilidades e obrigações) e o Patrimônio líquido, que é resultante da diferença entre o total de ativos e passivos. Na Contabilidade e no Direito, a palavra "balanço" decorre do equilíbrio ou da igualdade expresso nas seguintes fórmulas contábeis: Ativo = Passivo + Patrimônio Líquido O balanço patrimonial é obrigatório para todos os empresários e sociedades com duas exceções previstas (empresários rurais e microempresas) e sua estrutura é uma consequência das partidas dobradas aonde para...
0

Base Monetária

A base monetária corresponde à criação primária de moeda (pelo Banco Central). Ela é divulgada em dois conceitos pelo Banco Central do Brasil: num conceito mais restrito, por convenção, corresponde ao total de papel-moeda em circulação somado às reservas bancárias, e, num mais amplo, corresponde ao total da base restrita, mais os depósitos compulsórios em espécie e títulos federais (tanto do BACEN, quanto do Tesouro) fora do Banco Central. Conheça a Somat Contadores
0

Bens

Tudo que pode ser avaliado economicamente e que satisfaça necessidades humanas. Existem vários tipos, quais sejam: Bens de Capital (ou Produção) - São os bens que servem para a produção do outros bens, tais como máquinas, equipamentos, material de transporte e construção. Bens de consumo - (não duráveis ou que são gastos ou consumidos no processo produtivo) depois de consumidos, representam despesas, tais como: combustíveis e lubrificantes, material de escritório, material de limpeza etc. Bens de renda - Não destinados aos objetivos da empresa (imóveis destinados à renda ou aluguel). Bens Fixos ou imobilizados - (representam os bens duráveis, com vida útil superior a 1 ano) – imóveis, veículos, máquinas, instalações, equipamentos, móveis e utensílios. Bens intangíveis - Não possuem existência física, porém, representam uma aplicação...
0

BID Banco Interamericano de Desenvolvimento

O Banco Interamericano de Desenvolvimento ou BID (em inglês Inter-American Development Bank, IDB) é uma organização financeira internacional com sede na cidade de Washington, E.U.A, e criada no ano de 1959 com o propósito de financiar projetos viáveis de desenvolvimento econômico, social e institucional e promover a integração comercial regional na área da América Latina e o Caribe. Atualmente o BID é o maior banco regional de desenvolvimento a nível mundial e serviu como modelo para outras instituições similares a nível regional e sub-regional. Ainda que tenha nascido no seio da Organização de Estados Americanos (OEA) não guarda nenhuma relação com essa instituição pan-americana, nem com o Fundo Monetário Internacional (FMI) ou com o Banco Mundial, os quais dependem da Organização das Nações Unidas. Em...
0

Blue Chips

O termo blue chip é originário dos cassinos onde, no pôquer, as fichas azuis (literalmente blue chips em inglês) são as mais valiosas. É empregado nos mercados de ações por analogia, para designar ações de empresas bem estabelecidas, de grande porte, nacional e internacional, com comprovada lucratividade, principalmente a longo prazo, e com poucas obrigações, resultando em situação econômica e financeira positiva. Normalmente, representam as ações das empresas mais bem cotadas na bolsa de valores. Essas ações são chamadas de "ações de primeira linha", ou seja as ações com mais liquidez de mercado, porque são as mais procuradas, com muitos negócios realizados diariamente. Não há uma lista oficial dessas ações: é um consenso de mercado. A lista de blue chips muda periodicamente, mas há sempre...
Floating Widgets