Prazo para Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (Dirf) 2019

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O prazo para entrega da DIRF 2019 será as 23h59min59s do dia 28 de fevereiro de 2019

A apresentação da Dirf 2019 é obrigatória para pessoas jurídicas e físicas que pagaram ou creditaram rendimentos sobre os quais tenha incidido retenção do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (IRRF), ainda que em um único mês do ano-calendário, por si ou como representantes de terceiros.

As regras para a DIRF 2019 foram publicadas no Diário Oficial da União, através da Instrução Normativa RFB nº 1.836, de 2018, que dispõe sobre a Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte referente ao ano-calendário de 2018 – Dirf 2019.

Para evitar multas, é importante que o contribuinte observe não apenas o prazo, mas também as regras que são aplicadas para o cálculo. Em relação ao ano anterior, as duas principais alterações foram:
1 – obrigatoriedade de declaração das informações referentes aos beneficiários de rendimentos de honorários advocatícios de sucumbência, pagos ou creditados aos ocupantes dos cargos de que trata o caput do art. 27 da Lei nº 13.327, de 2016, das causas em que forem parte a União, as autarquias e as fundações públicas federais;
2 – exclusão da obrigatoriedade de apresentação da Dirf 2019 pelas pessoas jurídicas de que trata a Lei nº 12.780, de 9 de janeiro de 2013, relacionadas à organização dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016.

Lembramos que a apresentação da Dirf 2019 é obrigatória para pessoas jurídicas e físicas que pagaram ou creditaram rendimentos sobre os quais tenha incidido retenção do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (IRRF), ainda que em um único mês do ano-calendário, por si ou como representantes de terceiros.

A Dirf 2019 deverá ser apresentada através do Programa Gerador de Declarações – PGD Dirf 2019 – de uso obrigatório – a ser disponibilizado pela Receita Federal em seu site na internet, a partir do primeiro dia útil de janeiro de 2019.

Saiba mais no site da Receita Federal

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Tudo O Que Voce Precisa Saber Sobre A Projecao De Lucros E Perdas Blog - Contabilidade no Rio de Janeiro

Projeção de lucros e perdas

Veja como realizar uma projeção de lucros e perdas em sua empresa Por meio da análise de projeção de lucros e perdas, a sua empresa pode crescer significativamente. Empreender é um desafio muito grande, portanto, se você tem a intenção

Recomendado só para você
A recente Solução de Consulta COSIT nº 95, publicada em…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top