Receita Federal deflagra operação contra venda de títulos inválidos.

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Agência Estado – 18/05/2015 — 18:41

A Receita Federal anunciou nesta segunda-feira, 18, uma operação de combate a uma fraude tributária que tentou lesar o fisco em R$ 800 milhões entre 2013 e 2014. No golpe, empresas de consultoria apresentavam pedido de compensação de títulos da dívida pública sem validade, emitidos há quase um século.

As investigações têm foco em uma empresa de São Paulo e outras quatro que teriam dado continuidade à fraude. No total, 513 contribuintes estão envolvidos no esquema, sendo 510 empresas de médio porte e três pessoas físicas. Na prática, os participantes pagavam cerca de 30% dos tributos devidos à Receita, com a promessa de que esses títulos da dívida seriam resgatados e compensariam o valor total da dívida.

Segundo o subsecretário de Fiscalização, Iágaro Jung Martins, a empresa protocolava na Secretaria do Tesouro Nacional um pedido de reconhecimento de dívida e compensação dos valores de títulos emitidos em Londres no início do século passado. Com o protocolo em mãos, convenciam contribuintes a realizar a operação. Os papéis, entretanto, já haviam sido resgatados pelo Tesouro e não têm validade. “São escritórios de advocacia com contadores envolvidos, eu chamo de consultorias de estelionatários, porque eles têm um grande poder de persuasão com os clientes”, explicou.

O procedimento de investigação foi iniciado no dia 22 de abril e os contribuintes já começaram a ser notificados para que retifiquem suas declarações, evitando o pagamento de multa de até 225% sobre o valor que seria compensado. De acordo com o secretário, o prazo para retificação é de 90 dias a partir do recebimento do comunicado. Caso as empresas não retifiquem as declarações, a Receita poderá arrecadar até R$ 2 bilhões em créditos devidos e multas.

Esta não é a primeira vez que a Receita detecta esse tipo de fraude. Em 2012, uma operação semelhante foi realizada pelo órgão. Na ocasião, empresas entravam com ações judiciais para resgatar os títulos e usavam liminares para vender o papel sem validade no mercado.

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Encontre O Regime Tributario Ideal Para Sua Prestadora De Servicos Blog - Contabilidade no Rio de Janeiro

Regime tributário: qual o ideal para prestadores de serviços

Entenda como garantir o enquadramento no regime tributário ideal para sua grande prestadora de serviços! Saiba como evitar carga tributária excessiva, enquadrando sua prestadora de serviços no regime tributário mais adequado Manter uma prestadora de serviços de grande porte operando

Confira Agora Um Guia Completo De Como Regularizar A Sua Sociedade Blog - Contabilidade no Rio de Janeiro

Legalização de sociedade: como garantir?

Descubra agora o que é preciso para garantir a legalização de sociedade de prestadores de serviços Manter a sua prestadora de serviços em dia é fundamental para continuar no caminho do sucesso e, assim, lucrar muito Abrir uma sociedade certamente

Recomendado só para você
Novos categorias de empresas optantes pelo regime simplificado ampliam adesão…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top