Tire suas principais dúvidas sobre o Imposto de Renda 2019

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Os primeiro meses do ano vão passando e junto com eles as preocupações quanto ao Imposto de Renda 2019 se iniciam. Para muitas pessoas esse é um assunto novo ou ainda de muita complexidade. Porém, através desse artigo, será possível entender melhor como funciona e quem está “em débito com o Leão”.

Não só uma obrigação legal, os impostos são uma das fontes as quais o estado brasileiro utiliza para financiar a infraestrutura necessária a toda sociedade. Isto significa que sonegar impostos é prejudicar diretamente o desenvolvimento social, além de ser crime.

Realizar a Declaração de Imposto de Renda sem instrução ou deixar essa obrigação para a última hora também é uma péssima ideia. Os serviços digitais necessários podem não funcionar corretamente quando há uma sobrecarga e o atraso gera multas.

Vamos às principais dúvidas e questões sobre a declaração do Imposto de Renda 2019:

Quem declara?

Quem esta obrigado a transmitir a declaração?

CritériosCondições
Renda– Recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70.
– Recebeu rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00.
Ganho de capitale operações em bolsa de valores– Obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
– Optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no País, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias contados da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005.
Bens e direitos– Teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2018, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00.
Condição de residente no Brasil– Passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição se encontrava em 31 de dezembro de 2018.

 

Se você se enquadra em um desses requisitos, é bom se preparar para fazer a sua declaração, com calma e bastante atenção aos detalhes e informações solicitadas.

Hora de fazer a Declaração do Imposto de Renda:

Alguns documentos são necessários na hora de preencher sua declaração:

  • CPF, RG, Informação de conta bancária;
  •  Comprovante de salário e vencimentos;
  •  Extrato bancário de contas e pagamentos do INSS;
  • Recibos de doações;
  • Rendimentos tributáveis e não-tributáveis em fundos de investimentos;
  • Comprovante de compra e venda de veículos ou imóveis;
  • Benefícios de aposentadoria e pensão;
  • Rendimentos tributáveis e não-tributáveis em fundos de investimento;
  • Rendimentos que apontem lucro ou ganho (qualquer um).


Uma vez que tenha todos os dados, é hora de baixar o programa da Receita.

Todo procedimento é digital. Acesse o site da Receita Federal, encontre os links para download do software para elaboração e envio da sua declaração (https://bit.ly/2HOOWoy) ou baixe o aplicativo através da AppStore ou Google Play.

Um dos procedimentos mais recomendáveis na hora de realizar sua declaração, principalmente para aqueles que começaram a declarar, é solicitar o auxílio de uma empresa de contabilidade.

A Somat é uma empresa especializada em solução contábeis e tem toda experiência e dedicação necessária para ajudar você a estar em dia com suas obrigações fiscais, evitando multas e possíveis problemas, como cair na malha fina da Receita Federal.

Para quaisquer dúvidas ou informações sobre este e outros procedimentos, sinta-se livre para entrar em contato com a nossa equipe por meio de nossos canais de atendimento.

 

 

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Encontre O Regime Tributario Ideal Para Sua Prestadora De Servicos Blog - Contabilidade no Rio de Janeiro

Regime tributário: qual o ideal para prestadores de serviços

Entenda como garantir o enquadramento no regime tributário ideal para sua grande prestadora de serviços! Saiba como evitar carga tributária excessiva, enquadrando sua prestadora de serviços no regime tributário mais adequado Manter uma prestadora de serviços de grande porte operando

Confira Agora Um Guia Completo De Como Regularizar A Sua Sociedade Blog - Contabilidade no Rio de Janeiro

Legalização de sociedade: como garantir?

Descubra agora o que é preciso para garantir a legalização de sociedade de prestadores de serviços Manter a sua prestadora de serviços em dia é fundamental para continuar no caminho do sucesso e, assim, lucrar muito Abrir uma sociedade certamente

Recomendado só para você
O universo digital e sua agilidade na troca de informações,…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top