Saiba como ter um bom capital de giro seguindo as nossas dicas

Capital De Giro Deixe A Liquidez Fazer Parte Da Rotina Da Sua Empresa Blog - Contabilidade no Rio de Janeiro

Compartilhe nas redes!

O capital de giro pode melhorar a situação financeira da sua empresa

Tenha um bom capital de giro e mantenha a sua prestadora de serviços com uma situação financeira positiva

Manter uma boa situação financeira em sua empresa é o sonho de qualquer empreendedor, não é mesmo? Mas sabemos que isso não é uma tarefa fácil.

Nesse sentido, o capital de giro se apresenta como um verdadeiro aliado financeiro, permitindo que você entenda a sua eficiência operacional e tome decisões assertivas a fim de que as suas metas sejam atingidas em prol do crescimento e desenvolvimento da sua empresa.

Mas você sabe o que, de fato, é o capital de giro? Entende a sua importância e sabe como otimizá-lo para manter a liquidez da sua empresa prestadora de serviços?

Caso a resposta seja negativa, você está no lugar certo. Afinal, no artigo de hoje, nós vamos tirar todas as suas dúvidas sobre o capital de giro.

Acompanhe!

O que é o capital de giro?

O capital de giro pode ser definido como o recurso financeiro necessário para que a

sua empresa se mantenha em pleno funcionamento, mantenha as portas abertas.

 Ou seja, é o dinheiro que a sua empresa precisa para financiar as operações diárias do empreendimento, compre os insumos necessários, realize o pagamento devido dos funcionários, etc.

Dessa forma, ele funciona como um importante  indicador financeiro da sua prestadora de serviços. Mas como calcular o capital de giro? Veja a seguir!

Veja também:

Como calcular o capital de giro?

O cálculo do capital de giro é bastante simples, mas antes de apresentar a fórmula, é importante entender alguns conceitos, são eles:

  • Ativo circulante: de forma simplificada, trata-se do total de recursos financeiros que a sua empresa possui disponível para utilização, como dinheiro em caixa, saldos em contas bancárias da empresa, pagamentos a serem recebidos, etc.
  • Passivo circulante: pode ser entendido como o total de despesas e custos da empresa, tanto os custos fixos quanto os custos variáveis. Lembrando que:
  • Custos fixos: continuam o mesmo independentemente da quantidade de serviços prestados, aluguel, conta de água, luz e internet, etc;
  • Custos variáveis: que variam a depender da quantidade de serviços prestados, como os materiais utilizados no serviço.

Com esses conceitos esclarecidos, temos que o capital de giro é obtido através da diferença entre os ativos circulantes e os passivos circulantes:

Capital de giro = Ativo circulante – Passivo circulante.

Para saber mais, confira o artigo abaixo:

Por que manter um bom capital de giro em sua prestadora de serviços?

Agora que você já sabe o que é o capital de giro e como calculá-lo, é hora de entender a sua importância para a sua prestadora de serviços, não é mesmo?

Como já foi falado anteriormente, o capital de giro funciona como um importante indicador financeiro, pois leva em consideração a situação financeira da sua empresa, o dinheiro que ela tem para se manter funcionando e a liquidez, ou seja, a facilidade com que um ativo circulante pode ser transformado em dinheiro para a empresa.

Isso significa que quanto maior o capital de giro, maior será a liquidez da sua empresa. Além disso, manter esse indicador de forma positiva permite que o seu negócio:

  • Mantenha as finanças equilibradas;
  • Mantenha o negócio funcionando normalmente
  • Mantenha um atendimento e serviço de excelência;
  • Consiga comprar todos os insumos necessário para realizar os serviços;
  • Pague os salários dos funcionários corretamente;
  • Reduza o risco de falência e fechamento.

Sendo assim, manter um bom capital de giro é fundamental para manter a sua empresa saudável, lucrativa e com uma boa liquidez. Mas como conseguir um bom capital de giro? Confira as dicas que preparamos para você!

7 dicas para manter um bom capital de giro

  1. Reduza e/ou corte despesas desnecessárias;
  2. Negocie com fornecedores e clientes;
  3. Diminua o prazo para recebimento;
  4. Mantenha o fluxo de caixa atualizado;
  5. Realize o controle de estoque;
  6. Realize promoções atrativas para o pagamento à vista;
  7. Tenha um planejamento financeiro efetivo.

Dica bônus: mantenha a sua empresa saudável e lucrativa com o suporte da Somat Contadores!

Como foi possível observar, para manter um bom capital de giro, é importante manter uma boa gestão financeira. Dessa forma, contar com uma contabilidade especializada é a melhor forma de manter a sua empresa saudável e lucrativa.

Sendo assim, não hesite em contar conosco! Afinal, nós, da Somat Contadores, somos uma contabilidade especializada em prestadores de serviços e vamos prestar o suporte que a sua empresa precisa para se manter em pleno funcionamento, crescer e se desenvolver de forma saudável e legal.

Então entre em contato conosco para que possamos conversar sobre a sua empresa e sobre como podemos ser um verdadeiro aliado do seu sucesso.

CLIQUE AQUI PARA FALAR COM OS NOSSOS ESPECIALISTAS AGORA MESMO!

5/5 - (1 vote)
Summary
Saiba como ter um bom capital de giro seguindo as nossas dicas
Article Name
Saiba como ter um bom capital de giro seguindo as nossas dicas
Description
Confira em nosso artigo como ter um bom capital de giro e manter a sua prestadora de serviços com uma situação financeira positiva
Author
Publisher Name
Somat Contadores
Publisher Logo

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Veja qual o cenário da prestação de serviços no Brasil…
Cresta Posts Box by CP